Jump to content
  • Por que jogar CTF?

       (2 reviews)

    Álisson Bertochi
     Share

    Olá, pessoal!

    Primeiramente, gostaria de agradecer a parceria do Mente Binária com nosso time, o ELT, visando trazer conteúdo de qualidade pra comunidade, principalmente pra quem está começando no mundo dos CTFs e na área de segurança da informação em geral. Nosso objetivo é ajudar a fortalecer as bases, pois com uma base sólida, o player consegue ir longe tanto nas competições quanto na carreira profissional.

    Neste primeiro artigo, vamos falar um pouco sobre o que são CTFs, por que acreditamos que as pessoas deveriam jogar e qual a melhor maneira de começar.

     

    O que são CTFs?

    CTF significa Capture The Flag, e nessas competições o objetivo do player é resolver desafios de computação, normalmente ligados diretamente à Segurança da Informação, e obter flags, que são códigos que confirmam que a pessoa resolveu um desafio, e permite que ela pontue no Dashboard (placar). A pontuação varia de acordo com a dificuldade de cada desafio.

    Atualmente existem três grandes formatos de CTF: os Jeopardy-style, Attack&Defense e os que são Pentest-based. Nesse artigo focaremos nos Jeopardy, que são a especialidade do nosso time.

    O formato da flag varia de evento pra evento, mas em geral elas possuem um prefixo escolhido pelo organizador. Veja alguns exemplos: 

    • Genérico: flag{alguma_string_aqui}
    • Pwn2Win CTF: CTF-BR{alguma_string_aqui}
    • DEF CON CTF: OOO{alguma_string_aqui}

     

    CTFs Jeopardy-style

    Nas competições Jeopardy, são apresentadas diversas categorias de desafios aos participantes, que variam de evento pra evento, ficando a cargo da organização decidir quais categorias serão exploradas. Essa escolha é baseada nas habilidades dos membros que criarão os desafios, chamados de challenges. Esses eventos normalmente ocorrem aos finais de semana, e têm duração de 24, 36 ou 48 horas consecutivas, sem intervalo. Os times que participam dessas competições podem ter quantos membros quiserem, a não ser que a competição limite o número de participantes (o que é bem raro).

    O CTFTime.org é o site que contém o ranking internacional dos CTFs Jeopardy e Attack&Defense, o perfil dos times e players, e os eventos que estão por vir (Upcoming). Ele também centraliza os write-ups das equipes, que são os tutoriais feitos após as competições. É uma forma de ver as diversas abordagens que levaram à solução de cada equipe, e aprender bastante com isso.

    Atualmente, as categorias de desafios que são praticamente obrigatórias pra qualquer evento, são:

     

    Pwning / Binary Exploitation

    É entregue um binário (um programa executável) com alguma vulnerabilidade aos times, e eles tem que fazer engenharia reversa, achar a vulnerabilidade, e criar um exploit pra esse programa, que tem uma cópia rodando como serviço (daemon) em um servidor remoto,. O objetivo é explorar este serviço, visando conseguir ler a flag. As mais diversas técnicas e falhas envolvendo corrupção de memória são exploradas, bem como o bypass de todas as mitigações existentes.

     

    Cryptography

    Desafios que exploram ataques criptográficos, como explorar algoritmos deficientes (com bugs) ou implementados incorretamente, além de técnicas diversas contra algoritmos e implementações existentes que não são seguras ou podem de alguma forma ser subvertidos.

     

    Miscellaneous

    Aqui, os criadores podem usar toda sua criatividade e colocar desafios de computação que não se encaixam necessariamente nas outras categorias. Alguns eventos colocam aqui desafios de programação, também chamados de PPC (Professional Programming and Coding), de Análise Forense, Redes, etc, apesar dessas categorias também poderem ser apresentadas separadamente.

     

    Reverse Engineering

    O objetivo é fazer engenharia reversa de um binário, que pode ter sido escrito em qualquer linguagem e compilado pra qualquer arquitetura, entender seu funcionamento e extrair a flag. Às vezes podem envolver análise de malwares.

     

    Web Hacking

    Nessa categoria, os players exploram aplicações web com as mais diversas vulnerabilidades. O código-fonte pode ou não ser disponibilizado.

     

    Também existem outras categorias, que são mais raras, como Hardware Hacking e Eletrônica (sempre presentes no Pwn2Win - evento internacional que nosso time organiza). Há também a possibilidade de um desafio englobar mais de uma categoria, como Reverse Engineering + Cryptography, Web Hacking + Cryptography, etc.

     

    Por que jogar?

    Apesar da participação nesse tipo de competição poder ser realizada de forma individual, é difícil ser competitivo jogando sozinho, já que as competições exigem habilidades multidisciplinares, devido à variedade de categorias. Seguem alguns aspectos que talvez motive você a começar a jogar:

    1. É uma ótima maneira pra aprender técnicas novas e aplicar em programas de Bug Bounty ou na realização de Pentests.
    2. Fortalece muito o trabalho em equipe, característica que é essencial para o mercado de trabalho atual.
    3. Faz as pessoas pensarem fora da caixa pra tentar bypassar as restrições impostas pelos criadores dos desafios.
    4. Eventualmente, sua equipe pode encontrar 0days, já que o brainstorm pra resolução dos desafios entre os membros é grande.
    5. Times competitivos podem conhecer outros países/culturas e ganhar boas premiações em dinheiro. Por exemplo, o ELT já foi pro Japão duas vezes: em 2018 e 2019.
    6. CTFs abrem diversas portas para oportunidades de emprego e criam um networking muito bom. Recrutadores bem instruídos sabem o valor de alguém que é um bom CTF Player.
    7. A rivalidade saudável entre os times é algo que pode impulsionar seu aprendizado e a sua evolução intelectual e técnica.

     

    Como começar?

    Podemos dividir o início em três fases:

     

    Fase 1 - Base teórica e pré-requisitos

    Você precisa dar uma olhada nas categorias, talvez ler alguns write-ups, e decidir com qual categoria tem mais afinidade. Foco é importante pra conseguir evoluir. Não atire em várias categorias ao mesmo tempo!

    Escolhida a categoria, leia bastante e adquira os conhecimentos fundamentais sobre a área, pra não chegar cru nos desafios. Além de leitura, outra opção é ver vídeos de boas fontes no YouTube. O próprio canal Papo Binário (aqui do Mente Binária) tem vários cursos e vídeos avulsos que podem ajudá-lo a adquirir uma boa base, principalmente se você está mirando em Reversing ou Pwning.

    Algo que é válido para praticamente todas as categorias, é aprender alguma linguagem de programação versátil, como o Python. Além disso, conhecimentos básicos em Redes e Sistemas Operacionais farão toda a diferença, independente do caminho que você decida seguir!

    A grande máxima aqui é que jogar CTFs é uma ferramenta para lapidar o conhecimento existente e elevar você a outros níveis. Aprender uma categoria do zero apenas jogando não é um caminho muito interessante, e que com certeza vai deixar várias lacunas no aprendizado.

     

    Fase 2 - Começando a brincar

    A melhor maneira de colocar a mão na massa, quando decidir que está pronto, é através de sites de Wargames, que são "CTFs" que funcionam 24/7. Algumas indicações de sites com desafios bons:

     

    Fase 3 - Hora da ação

    Após ter adquirido a base e treinado nos sites propostos, convide alguns amigos, veja a lista de CTFs que estão por vir no CTFTime.org, e comece a praticar nas competições que não tem rating alto, que são normalmente mais fáceis. Um ponto negativo é que elas podem ter desafios que envolvem adivinhação (guessing), caso os organizadores sejam inexperientes. Nesse caso, apenas ignore esses.

     

    Links Úteis

    Links úteis que podem ajudá-lo na sua jornada:

    CTFTime Write-ups - Repositório de Write-ups do CTFTime.
    CTF-BR Docs - Compilação de links interessantes, como palestras, artigos e outros recursos.
    ELT Write-ups: CTFTime Profile Page (links para os write-ups na parte inferior) e GitHub.
    Canal LiverOverflow - Vários vídeos muito bem produzidos relacionados à conteúdo técnico de CTF e infosec em geral. Em inglês.


    A Comunidade Brasileira

    No Brasil, desde 2014, o CTF-BR tem tentado unir e fortalecer os times, bem como ajudar na formação de novas equipes e no crescimento dos players. Para ficar mais próximo e interagir com o pessoal, veja as redes sociais do projeto.

     

    É isso pessoal, espero que tenham gostado e se interessado pelo maravilhoso mundo dos CTFs, e qualquer dúvida pode ser tirada pelo Telegram, via IRC (gnx @ freenode), comentando aqui no artigo ou nos grupos do CTF-BR que podem ser vistos no link acima. Vale também assistir o seguinte vídeo, onde complemento este artigo:

    Até a próxima! \o/


    Revisão: Fernando Mercês
    • Curtir 7
     Share


    User Feedback

    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest

    • This will not be shown to other users.
    • Add a review...

      ×   Pasted as rich text.   Restore formatting

        Only 75 emoji are allowed.

      ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

      ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

      ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    magnologan

       1 of 1 member found this review helpful 1 / 1 member

    Video complementar: 

     

    • Curtir 3
    Link to review
    Share on other sites

    unc4nny

       3 of 4 members found this review helpful 3 / 4 members

    brabo o artigo, bem completo, explicou mto bem o que eh, por q fazer, e como fazer. Os links q tu colocou sao brabos tamem

    • Curtir 2
    Link to review
    Share on other sites


  • Similar Content

×
×
  • Create New...