Jump to content
Sign in to follow this  
gnoo

Comentário ao video " Rolou um Papo Binário em Portugal? " - Papo binário

Recommended Posts

Posted (edited)

Saudações,

depois ver este video no canal youtube papo binário sobre a conversa que tive com o @Fernando Mercês quando ele veio a portugal eu penso que a mensagem passada por ele não está de acordo com o que eu disse na realidade.

A questão levantada por ele no nosso encontro, era o porquê de eu não conseguir arranjar trabalho na área de TI, aquilo que eu lhe disse foi que a minha falta de experência na área e o facto de não ter nenhum curso na área da informática tornava dificil eu concorrer a essas vagas de emprego porque os requisitos normalmente pedem habilitações académicas que eu não tenho, dai tornar-se dificil, PARA MIM, candidatar-me à maioria das vagas emprego que aparecem. 

Em portugal existe uma grande falta de mão de obra na área de TI, desde a segurança da informação até ao help desk, tal como existe no resto do mundo mesmo em países mais competitivos que portugal, isto porque é dificil convencer as pessoas a seguir esta área devido a ser uma área que é bastante técnica, havendo também o problema de os trabalhos na área de TI em portugal são mal pagos, ( com isto não quero dizer que em determinadas áreas as pessoas não sejam devidamente remuneradas).

Convém dizer que o mercado da segurança da informação é tão pequeno que quase nem se vê, mesmo assim é possivel que haja falta de mão de obra especializada, para a oferta existente. 

Com isto tudo  também convém dizer que o mercado português na área de TI, é muito, mas muito pequeno e também que algumas áreas apesar de parecer contraditório ao que eu disse anteriormente, algumas das áreas começam a estar um pouco saturadas, como é o caso do desenvolvimento web em que a concorrência é maior.

Abraço.

 

Edited by gnoo

Share this post


Link to post
Share on other sites

@gnoo, eu tive pouca experiência, no início desse século (uau!), em trabalhar -- por algumas semanas -- na europa (Holanda). Na época a situação era similar (não para mim!): Pagavam mal, mão de obra inexperiente e ainda uma porção de empecilhos legais com relação à desenvolvimento de software... É triste saber que, passados quase 20 anos, a coisa não mudou muito...

A saber: Aqui no Brasil, no setor privado, pelo menos para aqueles que tentam trabalho como empregados (não empresários), o pagamento também não é lá essas coisas. Hoje tenho um salário razoável (não EXCELENTE) porque tomei a decisão de me tornar servidor público (que, aqui, paga de razoavelmente a bem, dependendo de quem for seu empregador: Governo Federal deixa o sujeito rico [não é o meu caso], Governo Estadual paga razoável [meu caso] e Governo Municipal paga merrecas [ainda bem que não tô nessa]). Mas, tive que optar por meio que abandonar, profissionalmente, a área que mais gosto (desenvolvimento) para embarcar em suporte.

Quanto à saturação... não se espante: Está assim no mundo todo e só vai piorar. A quantidade de gente que acha que "programar é fácil" é impressionante (depois de toda a campanha feita sobre "codificação", esperavam o quê?)... A quantidade de ineptos é assombrosa e não tem emprego pra todo mundo, tem? (PS: Nos anos 70 e 80 aconteceu o mesmo com as áreas de Engenharia Mecânica e Eletricista)...

[]s
Fred

Share this post


Link to post
Share on other sites

Humm, talvez eu devesse ter anotado o que a gente falou, ou ter feito o vídeo num momento mais próximo da nossa conversa, desculpe. Posso ter perdido alguns pontos, mas eu entendi que o mercado é complicado (pequeno) e paga-se mal. Conversei com outras pessoas da área também, e me disseram que Portugal é um dos países onde menos se ganha na UE.

Obrigado por esclarecer. Comentei lá no vídeo pra não parecer que foi culpa sua. 🙂

Abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

@Fernando Mercês tudo bem da minha parte não tem problema, tal como tu dizes foi uma conversa informal e é normal que passado um mês não te lembres de todas as conversas em pormenor que tiveste por cá. É normal as pessoas terem dito  que o mercado é pequeno e que se ganha mal porque é essa a realidade, aliás o mercado é tão pequeno que as empresas que existem nunca iriam conseguir subsistir se estivessem apenas focadas no mercado dentro de fronteiras, a maior parte das empresas, tem que atuar um pouco por todo o mundo e não ficar limitadas ao mercado interno, penso que deve ser um pouco assim também no Brasil.

No video publicado no canal Papo Binário, um jovem que dá pelo nome Jarlley Camelo, ele fez um comentário no video, a dizer que 1500 euros para um web developer já com alguma experiência é um bom ordenado num país onde o ordenado mínimo é 600 euros, eu tenho a dizer a este comentário o seguinte, ou esta pessoa é pouco ambiciosa, ou esta pessoa gosta de viver mal com os tostões contados até ao fim do mês, ou então esta pessoa ainda vive com os pais e não tem qualquer tipo de despesas que o obrigue a ambicionar um pouco mais da vida. Agora vamos perceber o porquê de um ordenado de 1500 euros para um pessoa pode ser pouco, claro que isto pode depender um pouco do estilo de vida que cada um leva, ora então, Portugal especialmente nas principais cidades do país, Lisboa e Porto ( e não só ), estão e viver uma crise em que as pessoas não conseguem casa para alugar porque estamos reféns de uma bolha imobiliária como há muito não se via, as habitações que haviam em Lisboa e no Porto ( e não só ), grande parte delas foram transformadas em turismo de habitação devidos ao crescimento brutal de turistas que estamos a ter no nosso país, começaram muitos estrangeiros a vir comprar casas nestas grandes cidades, o que inflacionou ainda mais os preços, hoje em dia para alugar uma casa numa destas cidades e arredores ( porque esta bolha imobiliária já chegou à periferia ), uma casa com 2 ou 3 quartos, custa entre 500 a 800 euros e estou a falar casas fora do centro isto são números que uma família de classe média por enquanto ainda pode pagar, acresce ainda o valor das despesas água, luz ( Portugal é dos países da Europa onde a electricidade é mais cara ), gás ( dos mais caros de Europa também ), se for uma família de 3 ou 4 pessoas mete mais uns 100 euros em cima, e depois vem o resto, despesas com comunicações, se tiveres carro o aumento é brutal porque a gasolina é também da mais caras de Europa, filhos a estudar eu podia ficar aqui o dia inteiro e enumerar formas de gastar esses 1500 euros num mês muito rápidos apenas com necessidades que cada família tem no dia a dia.

Agora vamos pensar bem pagar 1500 euros a uma pessoa vai empenhar horas sem fim a uma actividade que possivelmente vai ter de abdicar de estar com a família  devido a prazos de entrega dos trabalhos que são propostos, vai ter que estudar que nem um louco dia após dias mais o que eles estudou durante anos na escola, já para não falar da responsabilidade da gestão de dados sensíveis que tem de fazer, toda a actividade técnica que isso envolve, é no mínimo ridículo.

@fredericopissarra  

Em 25/04/2019 em 00:12, fredericopissarra disse:

Quanto à saturação... não se espante: Está assim no mundo todo e só vai piorar. A quantidade de gente que acha que "programar é fácil" é impressionante (depois de toda a campanha feita sobre "codificação", esperavam o quê?)... A quantidade de ineptos é assombrosa e não tem emprego pra todo mundo, tem? (PS: Nos anos 70 e 80 aconteceu o mesmo com as áreas de Engenharia Mecânica e Eletricista).

 

A campanha da "codificação", foi e é importante, temos que dar um passo atrás e perceber o que está acontecer especialmente na Europa e até fora da Europa nos países mais desenvolvidos e perceber que para determinadas áreas a mão de obra existente não chega.

Já para não falar que essas campanhas de codificação vêm contribuir para a literacia digital e desenvolvimento social que faz imensa falta nas sociedades actuais.

Temos também que perceber o que está a acontecer na Europa, e um pouco por todo o mundo, estou a falar da 4ª revolução industrial, apelidada de industria 4.0, ainda não vai ser desta que a máquina vai substituir o homem por completo mas é mais um passo, muito automatismo, muita programação de máquinas e robótica, as profissões que até pouco tempo nós dizíamos do futuro, estão ai ao virar da esquina, só é pena é o nosso sistema de ensino não estar preparado para isso.

Os serviços públicos prestados pelo Estado aqui em Portugal estão todos a passar para o digital, dentro de poucas décadas  deixa de haver repartições publicas com serviços de atendimento presencial é tudo feito online, por enquanto funciona mal pa caralho, o funcionamento é uma merda ( ao bom estilo português ), mas vai funcionando... Essa realidade já chegou... devagar mas chegou, não só aqui mas um pouco por toda a Europa.

Está chegar a revolução do transporte de mercadorias sem tripulação humana, guiado através de GPS e outras tecnologias, há muito trabalho para o pessoas que mexe com redes, há muita programação para fazer,  há bem pouco tempo já andaram a fazer testes aqui em portugal, um carro sem tripulação já andou a fazer testes nas nossas estradas, quando entrou num túnel ficou sem rede e perdeu o sinal :P, ainda há muito trabalho para fazer mas mais década menos década é uma realidade. 

Temos a Internet das coisas ai já ainda de uma forma muito tímida, mas já chegou, vai chegar com mais força mais década menos década, a industria vai ter que se ajustar a essa realidade também vai ser preciso muita programação ai também, e mais uma vez os pessoal de redes continua a ter mais trabalho.

Temos a industria automóvel especialmente na Europa onde cada vez mais se pedem carros eléctricos é uma realidade que está ai muito próximo talvez num espaço de 20 anos, os carros cada vez mais carecem de tecnologia, mais trabalho para o pessoal de programação, e o pessoal de redes continua a ter mais trabalho.

Nós quando falamos que a área de TI está a crescer, esta área já está a crescer há muito tempo, dentro das necessidades que as industrias têm para se desenvolver, e vai continuar a crescer progressivamente mediante a conjuntura económica dos países e mundial, a área de TI ainda tem muito por onde crescer isto é apenas o inicio.

Eu tenho Fé que essa onda da campanha de "codificação", venha ajudar as pessoas a realmente usar a tecnologia, e não serem usadas e manipuladas pela tecnologia e a ter noção do impacto positivo e negativo que este tipo de utilização tem no mundo e nas sociedades,...vão ter noção da segurança como se proteger melhor, tudo isso é benéfico. 

Está é apenas a faltar um pouco de organização, especialmente por parte dos sistemas de ensino de cada país, a educação está obsoleta, tornou-se um negócio feio, produzem gente obcecada pelo sucesso, gananciosos, ignorantes, a vaidade nos seu fatinhos feitos por medida nas lojas da moda não há espelho que consiga reflectir o que lhes vai na alma,andam cegos...

 

Abraço.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não que a educação esteja "obsoleta". Ela está "destruída" sob muitos aspectos. Não se educa, hoje, mas sim forma-se mão de obra para a indústria. Não é à toa a noção de que existe uma "nova" revolução industrial -- quando ela não existe, de fato! Diferente da revolução industrial "original" (onde o próprio conceito de indústria era desconhecido), o que houve é que, especialmente nos anos 70/80, um monte de gente estava, de fato, "desenvolvendo", a despeito de todo o protecionismo de grandes empresas como a IBM, por exemplo... Nessa época surgiram os "microcomputadores" e a popularização de "acesso remoto" (redes locais e via modems assíncronos)... O que aconteceu de lá pra cá? Toda "indústria" florescente foi consumida por grandes corporações: Algumas poucas "mandam" no mercado: Apple/Microsoft/Google e existem outras poucas periféricas (Facebook e Samsumg, para citar dois exemplos).

No meio disso, estão surgindo cada vez mais profissionais não-proficientes, tremendamente preocupados com "certificações" e pouquíssimo preocupados com "educação"... Para citar um exemplo, tome o caso de minhas explicações sobre o funcionamento da estrutura dos tipos primitivos conhecidos como "ponto flutuante"... Quantas pessoas entendem por quê o "ponto" (que ponto?) "flutua" (huh?)?... Agora, compareça a foruns especializados e veja a quantidade de gente que está mais preocupada em pedir para que alguém mais experiente resolva seus exercícios escolares do que entender como fazê-los! ISSO é a preocupação em "tirar boa nota" (para quẽ? no íntimo é uma conceptualização de "competição" ou, de outra maneira, um indicativo de "competência" sem esforço).

Sei disso porque, nos últimos 19 anos (desde que comecei a "dar aulas") jamais li ou ouvi alguém querendo discutir ou entender um assunto específico que seja, mas apenas "ser capaz" de manipular um esquema simplificado ("ahhh! dá muito trabalho estudar isso!")...

Quer ver outra? Costumo falar mal de "orientação a objetos", mas meus leitores não fazem a menor ideia do que estou, de fato, atacando: "Como ousa falar mal do C# e do Java?" (não é disso que estou falando, obviamente). É porque eles não fazem a menor ideia do que vem a ser "orientação a objetos" (como surgiu? que problemas foi concebido para solucionar?) e se atém ao que aprenderam a "estudar" (até parece!) uma "linguagem de programação" específica!

Sim... acho que essas campanhas podem ter até sido bem intencionadas, por algumas pessoas, mas sua origem jamais foi aumentar a "literacidade" sobre codificação, mas tão somente formar mão-de-obra barata...

Até o ano 1990 eu também era assim. O que mudou? Me senti responsável por aquilo que professava. Botei na minha cabeça que eu não deveria tentar ensinar algo que eu mesmo não domino e, se fosse o caso, pelo menos que eu tivesse um embasamento mais sólido para fazer inferências que fossem minimamente verossímeis...

PS: A reclamação geral (pelo menos aqui no Brasil) é que "encontrar mão de obra qualificada está muito difícil"... De fato, é porque ela é quase inexistente e por culpa da própria indústria e suas campanhas e exigências de "certificações"...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...