Jump to content
  • Sign in to follow this  

    Base de dados de empresa sul-africana é exposto


    Bruna Chieco

    Uma base de dados da empresa sul-africana Conor teve informações sensíveis e particulares expostas. Segundo o ZDNet, usuários da África do Sul foram os mais afetados com o vazamento. A Conor está presente no Chade, na República Democrática do Congo, Gabão, Gana, Quênia, Lesoto, Malawi, Namíbia, África do Sul e Tanzânia. Na América do Sul, sua presença se estende à Bolívia, Colômbia e Venezuela.

    Pesquiadores da vpnMentor disseram que os registros diários de atividade de usuário que utilizavam o software de filtragem da Web criado pela Conor expuseram todo o tráfego da Internet e a atividade desses usuários, juntamente com sua identificação pessoal. Segundo o vpnMentor, foram expostos mais de 890 GB de dados e mais de 1 milhão de registros.

    Além dos sites visitados pelos usuários, os pesquisadores do vpnMentor conseguiram visualizar a atividade diária dos usuários; um número de assinatura global de comunicações móveis; endereços IP; a duração da conexão ou visita a um site; o volume de dados transferidos por sessão; o URL completo do site; e se um site foi bloqueado pelo filtro ou não. 

    Sign in to follow this  


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...