Jump to content
  • Sign in to follow this  

    Cibercriminosos são acusados de roubo de criptomoedas


    Bruna Chieco

    O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos sancionou dois homens de nacionalidade chinesa por lavagem de criptomoedas roubadas em uma invasão cibernética ocorrida em 2018. Segundo comunicado, Tian Yinyin e Li Jiadong participaram da invasão de uma corretora de criptomoedas e também estão envolvidos no grupo de crimes cibernéticos denominado Lazarus.

    Ainda de acordo com o comunicado do Departamento do Tesouro, Tian e Li receberam de contas controladas pela República Popular Democrática da Coréia, que supostamente comanda o Grupo Lazarus, aproximadamente US$ 91 milhões roubados na invasão da corretora, além de US$ 9,5 milhões adicionais por um ataque a outra corretora. A acusação diz que eles transferiram a moeda entre os endereços que mantinham, ofuscando a origem dos fundos.

    O ataque foi executado por meio de um malware baixado involuntariamente por um funcionário da corretora. Assim, os cibercriminosos obtiveram acesso não autorizado às informações pessoais de clientes, como senhas privadas usadas para acessar carteiras de moedas virtuais armazenadas em servidores da corretora. No total, foi roubado o equivalente a US$ 250 milhões.

    Sign in to follow this  


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...