Jump to content
  • Computadores quânticos mais potentes poderão quebrar mensagens criptografadas de hoje


    Bruna Chieco
     Share

    Os computadores quânticos, se amadurecerem o suficiente, serão capazes de quebrar grande parte da criptografia atual, revelando comunicações privadas, dados de empresas e segredos militares. Segundo reportagem do CNet, os computadores quânticos atuais são muito primitivos para isso, mas os dados recolhidos agora ainda podem ser sensíveis quando eles se tornarem mais poderosos.

    Os computadores quânticos do futuro também poderão quebrar as assinaturas digitais que garantem a integridade das atualizações de aplicativos, navegadores, sistemas operacionais e outros softwares, abrindo um caminho para ataques de malware.

    Para o algoritmo de criptografia RSA de hoje, um computador convencional precisaria de cerca de 300 trilhões de anos para quebrar as comunicações protegidas com uma chave digital de 2.048 bits. Mas um computador quântico alimentado por 4.099 qubits precisaria de apenas 10 segundos.

    Essa é uma vulnerabilidade potencial da qual a indústria de computação está ciente, afirma a reportagem, sendo que algumas empresas estão em uma força-tarefa para criar, testar e adotar novos algoritmos de criptografia impermeáveis aos computadores quânticos. Algumas dessas empresas, incluindo IBM e Thales, já começaram a oferecer produtos protegidos pela chamada criptografia pós-quântica, diz o CNet.

    A criptografia quantum-safe será utilizada em laptops, telefones, navegadores da web e outros produtos atualizados, mas o problema mesmo será aplicá-la em empresas, governos e serviços de computação em nuvem, que devem projetar e instalar a tecnologia, promovendo uma mudança muito complexa. 

    Empresas estão desenvolvendo computadores quânticos – Na Google I/O, conferência de programadores organizada anualmente pelo Google, realizada este mês, a empresa informou que um novo centro de computação quântica será criado com o objetivo de construir um computador quântico até 2029. Outras empresas de tecnologia, como Honeywell, IBM, Intel e a Microsoft também estão na corrida para construir os primeiros computadores quânticos. 

    Enquanto isso, o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos Estados Unidos está liderando o esforço global para encontrar algoritmos de criptografia pós-quântica que sejam rápidos e confiáveis. Até o momento, o trabalho se concentra em duas tarefas de criptografia: troca de chaves digitais e adição de assinaturas digitais.

    Os algoritmos de criptografia exigem um exame minucioso antes que possam ser confiáveis para proteger senhas, números de cartão de crédito, registros financeiros e outras informações confidenciais. 

    A transição quântica é mais difícil do que algumas atualizações de criptografia anteriores. Um dos problemas é os tamanhos das chaves digitais, que provavelmente serão maiores, exigindo mais memória para processá-los. Alterar algoritmos não será uma troca simples. Especialistas recomendam que seja feita uma abordagem híbrida que protege duplamente os dados com criptografia de segurança convencional e pós-quântica. 

    (Imagem: IBM Q System One, primeiro computador quântico comercial de 20 qubits. Crédito da imagem: IBM)

     Share


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...