Jump to content
  • Sign in to follow this  

    Funcionários da AT&T vendem códigos de dois milhões de smartphones para cibercriminosos


    Bruna Chieco

    Funcionários da AT&T, companhia americana de telecomunicações, foram subornados pelo valor de US$ 1 milhão para liberar o código IMEI de dois milhões de smartphones a uma gangue de cibercriminosos que atuam no Paquistão. 😱

    Segundo o site britânico The Register, os funcionários demoraram para liberar as informações, o que fez com que a gangue comprasse as cópias das credenciais de login dos próprios funcionários e as usasse para invadir o sistema da operadora, roubando os códigos diretamente da fonte. Os cibercriminosos instalaram um malware nos computadores da AT&T, o que automatizou o processo de geração e download de códigos. 

    Os funcionários foram pegos e, obviamente, demitidos por vazar as sua próprias credenciais para a gangue, mas, depois disso, os cibercriminosos pagaram para mais alguém instalar roteadores wireless na rede interna da AT&T, o que deu a eles acesso ao backdoor dos sistemas da companhia. Assim, eles novamente obtiveram códigos para desbloquear telefones de maneira silenciosa.

    Os códigos permitem acesso a aparelhos da AT&T, que poderá ser usado com SIM card e plano de outra operadora a partir do desbloqueio. A fraude custou à AT&T US$ 5 milhões por ano em receita perdida, afirmou a companhia. 💸

    Sign in to follow this  


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...