Jump to content
  • Sign in to follow this  

    Gangue é acusada de fraude e extorsão via SIM-swapping


    Bruna Chieco

    Uma gangue formada por oito americanos e um irlandês foi acusada de SIM-swapping, clonagem do SIM card (chip) de celulares. De acordo com o blog KrebsOnSecurity, os golpistas teriam sequestrado os números de celulares via clonagem do SIM card. O golpe funciona da seguinte maneira: os golpistas subornam ou enganam vendedores dos aparelhos celulares e tomam o controle do número do aparelho da vítima. Assim, eles conseguem desviar todo o conteúdo de mensagens e ligações para seus próprios aparelhos, trocando senhas para outras contas vinculadas ao número invadido, mesmo protegidas por autenticação de dois fatores (2FA).

    Os membros da gangue, conhecida como "The Community", supostamente conseguiram arrecadar mais de US$ 2,4 milhões roubando informações e extorquindo pessoas em troca da redefinição das senhas de suas redes sociais.

    Esse golpe também ocorre no Brasil e está ficando cada vez mais comum. É importante priorizar o uso do duplo fator de autenticação por aplicativo (Google Authenticator, Authy, etc.) em vez de SMS (mensagens de texto), pois ninguém está a salvo da clonagem do número, já que funcionários corruptos de operadoras e lojas de venda e habilitação de telefones celulares parecem participar do esquema. Todo cuidado é pouco. 😉

    Sign in to follow this  


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...