Jump to content
  • Hacking ético: Programas de bug bounty motivam aprendizado e estimulam hackers a protegerem negócios e pessoas


    O relatório intitulado “2021 Hacker Report”, da plataforma HackerOne, registrou que em 2020 houve um aumento de 63% no número de hackers que enviaram vulnerabilidades para ajudar empresas a evitarem um ataque ou a encontrar um patch para uma falha de segurança. Os hackers ganharam US$ 40 milhões no ano passado enviando essas vulnerabilidades em programas de bug bounty da HackerOne. Assim, a plataforma atingiu a marca de US$ 100 milhões pagos a hackers pela descoberta de falhas de segurança. 

    Desde o lançamento do Hacker Report de 2019, a comunidade HackerOne dobrou de tamanho para mais de 1 milhão de hackers registrados em todo o mundo. O relatório diz que grande parte da comunidade ainda está em fase de aprendizado, mas o aumento no envio de vulnerabilidades no ano passado reflete um crescimento de 143% desde 2018, demonstrando que os hackers estão aumentando suas habilidades e conhecimentos enquanto organizações e setores globais investem cada vez mais nisso.

    O relatório da HackerOne mostra ainda que 82% da comunidade se define como "hackers de meio período", e 35% têm um emprego em tempo integral. A maioria afirma ainda ser autodidata, mas muitos deles possuem pós-graduação na área de ciência da computação. Além disso, 55% dos membros da comunidade HackerOne têm menos de 25 anos. 

    Apesar da motivação para entrar em programas de bug bounty ser, muitas vezes, financeira, a maioria dos hackers da plataforma estão fazendo isso para aprender e expandir seus conjuntos de habilidades ou para avançar em suas carreiras. O relatório aponta que 33% dos membros da comunidade alavancaram suas habilidades para garantir um emprego. Os hackers também são motivados por um desejo de fazer o bem para o mundo, com 47% deles demonstrando uma intenção de proteger e defender negócios e pessoas de ameaças cibernéticas.

    Acesse o relatório da HackerOne na íntegra (em inglês).

    Para quem quiser começar neste mundo, um bom caminho pode ser assistir ao nosso treinamento gratuito de engenharia reversa do zero, o CERO. Apesar de ter um tema definido, o curso cobre elementos básicos da computação necessários na área de segurança.

     


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...