Jump to content
  • Novo vazamento expõe 700 milhões de registros do LinkedIn


    Bruna Chieco
     Share

    Em abril, um arquivo contendo dados supostamente retirados de 500 milhões de perfis do LinkedIn foi colocado à venda em um fórum de hackers popular. Agora uma nova publicação com 700 milhões de registros da rede foi encontrada por pesquisadores da PrivacySharks. 

    O anúncio dos dados colocados à venda foi postado em 22 de junho, incluindo uma amostra de 1 milhão de registros como "prova". A PrivacySharks examinou a amostra grátis e viu que os registros incluem nomes completos, gênero, endereços de e-mail, números de telefone e informações do setor de empresas. 

    Não está claro qual é a origem dos dados, mas o ThreatPost indica que a coleta de perfis públicos é uma fonte provável, pois esse foi o motor por trás da coleção dos 500 milhões de registros do LinkedIn que foram colocados à venda em abril

    O LinkedIn afirmou ao ThreatPost que nenhuma violação de suas redes ocorreu desta vez. "Embora ainda estejamos investigando esse problema, nossa análise inicial indica que o conjunto de dados inclui informações extraídas do LinkedIn, bem como informações obtidas de outras fontes", diz o comunicado da empresa. "Isso não foi uma violação de dados do LinkedIn e nossa investigação determinou que nenhum dado privado de membro do LinkedIn foi exposto". 

     Share


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...