Jump to content
  • Sign in to follow this  

    Empresas de música são invadidas e roubadas


    Bruna Chieco

    Duas empresas de música nos Estados Unidos tiveram suas contas em nuvem invadidas por um homem, que acabou roubando músicas inéditas e as publicou em fóruns na Internet. O suspeito, segundo o ZDNet, é Christian Erazo, de Austin, Texas. As autoridades americanas afirmam que Erazo trabalhou com três outros co-conspiradores em uma série de ciberataques que ocorreram entre o final de 2016 e abril de 2017.

    Os atacantes usaram credenciais de funcionários para acessar as contas de armazenamento em nuvem das empresas, de onde baixaram mais de 100 músicas não lançadas. A maioria dos dados veio de uma gravadora musical de Nova York. Aparentemente, 50 GBs de música foram roubados. 

    Erazo foi acusado dos crimes em um tribunal de Nova York. As acusações incluem conspiração para cometer fraude eletrônica, que acarreta uma sentença máxima de 20 anos; conspiração para cometer invasão de computador, que acarreta uma sentença máxima de cinco anos; e roubo de identidade, que acarreta um prazo mínimo obrigatório de prisão de dois anos.

    Sign in to follow this  


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...