Jump to content
  • Sign in to follow this  

    Fraudadores se aproveitam de anúncios na OLX e Mercado Livre


    Bruna Chieco

    As fraudes da Internet não necessariamente envolvem algum tipo de ciberataque para tentar extorquir dinheiro das vítimas. Dessa vez, um dos leitores do Mente Binária relatou que sofreu uma tentativa de fraude ao anunciar seu MacBook na OLX e no Mercado Livre. O anúncio foi feito no dia 16 de julho pela manhã, e para tentar uma venda mais rápida, o leitor deixou aberto seu número de telefone e e-mail para que possíveis interessados entrassem em contato com ele. Aí que começaram as tentativas de fraude.

    O leitor conta que poucas horas depois de divulgar o anúncio já começou a receber diversas mensagens no site da OLX e também via WhatsApp. No geral, as mensagens eram bem similares. A imagem abaixo mostra uma dessas mensagens. Mostra também que os supostos interessados no produto já foram bloqueados pelo site, sendo impossibilitados de enviar novas mensagens:

    01_olx.png.75baadae4d0dae8238fe8e8d279b03f5.png

    Mensagens de supostos compradores interessados no produto enviadas pela OLX

    "Era um padrão de mensagem, não era personalizada, só as contas de usuário eram diferentes", conta o leitor, que deixou o anúncio ativo por quatro dias. "Recebi em média quatro mensagens no site da OLX por dia", diz. "Ao mesmo tempo, algumas pessoas me adicionaram no WhatsApp fazendo perguntas, mas tinham pressa em fechar negócio. As mensagens eram diferentes e algumas até incluíam mensagens de áudio". Ele conta ainda que um dos supostos interessados já queria fechar o negócio sem sequer perguntar as configurações do laptop.

    02_whatsapp.png.af6045854dbef9404bc8d6e817597c1f.png

    Conversa do leitor com mais um suposto interessado na compra

    Algo comum entre as mensagens recebidas pelo leitor é que quase todas que foram enviadas via anúncio da OLX falavam para fechar negócio via Mercado Livre, o que indicava algum tipo de facilitação para falsificar a transação nessa plataforma. O caso mais suspeito foi a troca de e-mails da vítima com um suposto comprador do MacBook. O leitor desconfiou da pressa do interessado, pois ele não sabia o estado do produto e nem se receberia de imediato, mas quis realizar o pagamento naquele momento. Foram realizadas três trocas de e-mails:

    03_emails.thumb.png.78722256bc23d279a2da924adbf012be.png

    E-mails enviados à vítima simulam comprovante de pagamento e confirmação de venda via Mercado Live

    Conforme mostram as imagens acima, o comprador enviou um suposto comprovante de pagamento do Mercado Livre, um segundo e-mail com explicações sobre a venda, e um terceiro, simulando o Mercado Pago, pedindo dados bancários. Porém, o estranho foi que o remetente do e-mail era pagamentosonlinemercado@gmail.com, claramente um e-mail criado com a intenção de imitar o Mercado Livre. Isso aumentou a desconfiança do leitor, que depois desse dia, decidiu retirar o anúncio do ar. Se ele tivesse acreditado no falso comprovante de pagamento, poderia ter entregue o produto ao criminoso e teria sido mais uma vítima dos fraudadores.

    Como identificar o golpe

    As mensagens se assemelhavam em uma coisa: todos tinham pressa em fechar a compra. "Um dos compradores, inclusive, usou dois números diferentes com a mesma foto no WhatsApp para tentar fechar negócio", conta o leitor. O conhecimento e interesse que o suposto comprador tem pelo produto também é uma boa dica. "Pedi R$ 11 mil pelo notebook, e o cara não perguntou o estado do produto. Por um valor alto desse, eu iria no mínimo querer ver o produto, marcar encontro em um lugar público e realizar a transferência pessoalmente", destaca.

    Uma possível ferramenta que os golpistas têm utilizado para entrar em contato com mais agilidade com os anunciantes são os web scrappers — um robozinho que pode ser programado para acessar um site em um determinado intervalo de tempo, e qualquer mudança ele avisa. Isso significa que os golpistas podem se utilizar desse scrapping no site da OLX ou outras plataformas de compra e venda de produtos, buscando novos anúncios que tenham número de telefone ou e-mail expostos, e assim eles entram em contato com o vendedor e tentam efetuar a fraude enviando comprovantes de pagamento falsos. O ideal é não colocar número de telefone nem e-mail nesses anúncios. Desconfiar da velocidade com que as mensagens chegam e verificar a origem dos e-mails, assim como nosso leitor fez, também ajuda a evitar o golpe. 😉

    Edited by Bruna Chieco

    Sign in to follow this  


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.



    Join the conversation

    You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...