Jump to content

Felipe Tarijon

Supporter - Nibble
  • Posts

    7
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Felipe Tarijon last won the day on August 17 2023

Felipe Tarijon had the most liked content!

2 Followers

About Felipe Tarijon

Recent Profile Visitors

1,391 profile views

Felipe Tarijon's Achievements

7

Reputation

  1. Quando vi "string de 32 caracteres" já pensei, deve ser o MD5: https://gchq.github.io/CyberChef/#recipe=MD5()&input=YWFiYmNj Se vc procurar no Google pela constante ali no assembly (242070DB), vai achar várias referências ao algoritmo.
  2. Sei que já faz um tempo que esse post foi criado mas como não teve mais respostas, vai aqui minha contribuição: @Weatherreport, da pra resolver esse desafio em três passos e você já fez o primeiro que é o decoding da string inicial. O resultado "NzM2NTYzNzH2NTc0" me parece algo familiar. Você precisa descobrir que tipo de encoding é esse. Se você não sabe, recomendo utilizar algum serviço/programa que diz o tipo de encoding baseado no input (NzM2NTYzNzH2NTc0). O resultado disso vai ser uma outra string em um outro formato especifico. Esse último resolvi mais pela intuição. A dica seria, quais outras formas a gente pode visualizar uma string? Podemos ver os caracteres em si, em formato binário (01010101), a tabela ascii (exemplo: a = 61), etc. Dica geral: você consegue resolver os três passos desse desafio utilizando a ferramenta CyberChef. O primeiro passo por exemplo, você pode usar a recipe de URL Decode.
  3. Eu uso o x64dbg. Apesar do nome ele vem com as versões 32 e 64 bits: https://x64dbg.com/ E ja que ta retomando os estudos, da uma olhada no curso de engenharia reversa aqui do Mentebinaria ? https://www.mentebinaria.com.br/treinamentos/curso-de-engenharia-reversa-online-cero-r6/
  4. Boa tarde, @Josenilson F Silva. Essa URL é de algum servidor que utiliza CDN ou algo do tipo? Por exemplo, alguém te manda um arquivo pelo Discord e ai a URL gerada tem esse hash que vc falou. Provavelmente é porque (nesse exemplo) o Discord usa esse hash pra identificar o arquivo dentro dos data centers que tem zilhões de outros arquivos e milhões de requisições por segundo, ou seja, esse hash só faz sentido ali pro servidor pra ele encontrar e entregar o arquivo pra ser baixado de uma forma rápida e íntegra. Outra coisa, hashes não podem ser decodificados. Eles são algoritmos (não reversíveis) que transformam uma grande quantidade de dados em uma pequena quantidade de informações com tamanho fixo. Os "decryptors" que tem por aí funcionam na verdade com uma base de dados gigante de hashes e seus respectivos valores em texto claro e tentam encontrar algum match com o hash informado.
×
×
  • Create New...