Jump to content

Rubem

Apoiador Nibble
  • Posts

    5
  • Joined

  • Last visited

About Rubem

Rubem's Achievements

1

Reputation

  1. Ok. Fernando. Quando eu falei lá no tópico, não foi uma cobrança. Eu sei e compreendo bem as demandas as quais você a equipe tem. Mesmo com a pandemia, as coisas não estão paradas, mas cada vez mais avançando, principalmente na área tecnológica. Quanto ao código, eu realmente não sei por onde começar, visto que, está me travando em como escrever nos campos do registrador, como eu coloquei la no tópico sobre arquitetura de computadores. Mas eu sinto que falta muito pouco. Como eu me conheço, eu sei que se eu conseguir começar e entender bem o que devo fazer, eu vou muito mais além do que até eu mesmo possa imaginar, por que eu busco ser autodidata e eu gosto muito dos assuntos relacionados a Arquitetura de Computadores, Engenharia Reversa, Análise de Binários, Análise de Malware, etc, assuntos relacionados. Por isto é que resolvi contribuir com o MB. aqui tem conteúdo e assunto para eu aprender muito.
  2. Como eu disse no texto que coloquei como resposta ao colega sobre um bom livro de arquitetura de computadores, eu não sou expert no assunto, mas apenas estudante. Como estudante, eu tenho também algumas dúvidas. Teria alguém aqui disposto a me ajudar? Eu tenho o projeto de um processador de 32bits. Os registradores são dos tipos UFS (o Professor resolveu usar a sigla da Universidade). Cada processador tem um conjunto de instruções. Bem, a tarefa inicial é a seguinte: criar um script em C o qual, quando o Professor executar (colocando no executável criado por ele, como argumento o nome do script criado, mais o nome do arquivo de saída, ou seja, a função main deverá está completa com int argc e char *argv[]) , este deverá retornar as instruções assembly deste script, mas no padrão de saída o qual o Professor já especificou. O registrador U, possui a seguinte arquitetura: O primeiro campo OP com 6 bits(estes 6 bits começam com 0-zero e os 5 demais serão preenchidos), mais 3 campos (x,y,z) cada um com 5 bits e um campo L com 11 bits. O registrador F, possui a seguinte arquitetura: O primeiro campo OP com 6 bits(este 6 bits começam com 1-hum e o 5 restantes serão preenchidos), mais 3 campos (x,y,z) com 5 bits cada um, mas somente z preenchido com 0-zeros e um campo L com 11 bits. O registrador S, possui a seguinte arquitetura: O primeiro campo OP com 6 bits(estes 6 bits começam com 11 e os 4 restantes serão preenchidos), mais 3 campos (x,yz) cada um com 5 bits, mas y e z são preenchidos com 0-zeros e um campo L com 11 bits. Eu já vi que terei de trabalhar com binários no meu script em C. Eu consigo fazer o script, mas a minha única dúvida é: Como eu preencho determinado campo (o qual será representado por uma variável, logicamente!) com 0-zeros ou com 1-hum usando C? ficando assim: " 000000-11111-00000-11100-11001100101". Estes valores deverão está em "char" para depois fazer um "cast" para binários? ou posso usar "0bXXXXXX" e trabalhar diretamente com binários? Pelo que percebo, deverei ter vários "if", inclusive aninhados( ou "case") para as condições dadas acima. O que acham? Confesso que estou meio confuso no desenvolvimento. Eu tentei buscar alguma "luz"com o Fernando Mendes, mas ele nem respondeu. Deve está sufocado de tantos e-mails de postagens. Eu entendo.
  3. Olá, Não sou expert, mas apenas estudante de Sistema de Informação na Universidade Federal de Sergipe. Como eu gosto bastante de linguagem de baixo nível, então eu estudo também sobre arquitetura de computadores, além do que o Professor ou Professores ensinam. Atualmente estou lendo o livro ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES, autor William Stallings. Eu gosto muito de iniciar qualquer livro, pelo Prefácio, Introdução, etc, bem do inicio mesmo! (bem baixo nivel tbm ;). Então está é também uma dica. O livro tem me esclarecido muita coisa, mas acredito que vai de cada um. Assim como cada aluno aprende melhor com o Professor X, outro com o Professor Y, etc... (and so on !). Acho que a maior dica é: pesquisa pelos livros e vê se encontra partes deles que possam ser lidas para ver se vc gosta ou não da linguagem do autor (didática, explicação, métodos,...) e se gostar, compra o livro e arrepia! come o livro inteiro! Ok?
  4. Prezados, Existe uma coisa que está me consumindo, pois eu já "fucei" muito na Internet procurando mas não acho nada. Eu preciso criar um processador fictício e não sei nem por onde começar. O Professor deu umas aulas iniciais a qual ninguém entendeu nada, depois começou a pandemia e daí foi que a coisa piorou. Se alguém puder me ajudar eu agradecerei imensamente e então eu passo aqui as características do processador, mas o que eu queria mesmo era um material inicial ("basicão mesmo!) que vá até um nível mais avançado sobre, como eu posso criar um processador e simular o funcionamento deste (32Bits). Porque eu "quero pescar, não o peixe já pescado". Eu gosto de estudar e ir descobrindo sozinho as coisas. Se por acaso alguém aqui tiver alguma indicação ou orientação para me dar, eu agradeço muitíssimo. Rubem Alves
    Muito bom o assunto abordado. Eu ainda não li. Mas devido as recomendações acho que será interessante.
×
×
  • Create New...