Jump to content

Fernando Mercês

Administradores
  • Content Count

    681
  • Joined

  • Last visited

Artigo Comments posted by Fernando Mercês


  1. Tudo bem, Fabiano e você?

    Como sempre, ótimas discussões. 🙂

    O recurso é realmente perigoso mas serve em situações onde se é preciso debugar software, principalmente quando não se tem o código-fonte de um programa já compilado. Com este recurso é possível, por exemplo, saber exatamente o que uma certa função recebe durante a execução do programa, afim de depurá-la. Não sei mais que isso sobre a decisão dos programadores do projeto de GNU de criar/manter isso. Só sei que é explorado por atacantes.

    Já sobre o ld-linux, passar um binário linkado dinamicamente pra ele como argumento funciona porque ele é justamente o loader e linker dinâmico de binários no Linux (dá um man ld.so pra ver), ou seja, ele carrega o binário em memória e resolve as dependências de bibliotecas e funções que ele precisa, depois o executa. Esse processo não é necessário para binários compilados estaticamente, já que não há dependências a serem resolvidas e por isso binários estáticos "não dependem de ninguém" e o ld-linux nem consegue carregá-los.

    Pensei aqui numa maneira interessante de aprofundar este estudo: gerar um core dump neste segfault e estudá-lo no gdb, afim de descobrir exatamente quando ele acontece e por qual motivo, programaticamente falando (do código do ld-linux).

    Mas enfim, o comportamento tá normal. Exceto que, na minha ignorância, uma mensagem de erro seria de bom grado. 🤓

    Um abraço!

×
×
  • Create New...