Jump to content
Sign in to follow this  
gnoo

NAT Virtualbox

Recommended Posts

Saudações,

A minha questão é a seguinte (já tentei procurar uma resposta que me satisfaça mas não está fácil), quando crio uma VM e meto ela na caixa NAT do Virtualbox a minha maquina não consegue "ver"

a VM dai não conseguir pingar entre eles ( penso eu que seja devido a isso), tenho procurado alguma informação e ainda não percebi bem se a VM na caixa NAT do virtualbox é como se criasse uma sub rede diferente?? ou algo assim do género qual  é a explicação técnica para isso?

Obrigado, Cumprimentos.

VBNAT.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi gnoo.

É justamente por estar com uma interface NAT que o host não fala com o guest diretamente e vice-versa. A conexão é roteada para a Internet, utilizando NAT, ou seja, tendo seu endereço de origem reescrito para o acesso à Internet, portanto, não dá pra falar com o host. Para isso você adicionar uma conexão do tipo "Host-only adapter" na VM. 😉

Um abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites

@Fernando Mercês, sim eu sei que tenho que meter em "host-only adpter", só perguntei porque queria tentar perceber do ponto de vista técnico o que o NAT faz para que, não haja comunicação entre as maquinas, por isso que falei se era como se fizesse uma sub-rede ( sei lá ), algo do género, eu já consigo visualizar mais ou menos o que faz mas a explicação técnica é que é mais difícil encontrar resposta.

Abraço!  

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 27/04/2018 em 13:26, gnoo disse:

@Fernando Mercês, sim eu sei que tenho que meter em "host-only adpter", só perguntei porque queria tentar perceber do ponto de vista técnico o que o NAT faz para que, não haja comunicação entre as maquinas, por isso que falei se era como se fizesse uma sub-rede ( sei lá ), algo do género, eu já consigo visualizar mais ou menos o que faz mas a explicação técnica é que é mais difícil encontrar resposta.

Abraço!  

Olá Gnoo.. Bele ?

Antes da gente tentar entender o conceito de NAT, temos que entender como funciona uma rede em si. Pegue o exemplo da WWW, que nada mais é que uma gigante rede de computadores inteligados, todos nós estamos literalmente interligados. Quem nos interliga são os ISP's que são os provedores de internet. Sai um fio ai da sua casa e vai até a operadora e da operadora pro mundo kkk ;P

http://thednetworks.com/wp-content/uploads/2011/01/subnet-diagram.jpeg

Tendo em vista isso, para que a operadora consiga direcionar dados para seu computador ela precisa te identificar, correto ? Pra isso, atualmente, utilizando o IPv4/IPv6. Esse IP te identifica na central do provedor, então quando você quer acessar algo o seu IP requisita X IP em X porta. Certo ?

To falando aqui bem basicamente, bele ?  Para entender melhor, sugiro dar uma pesquisada e estudar melhor os conceitos de Redes. Agora veja, se você for pensar no quesito de identificação por IP os provedores possuem uma número limitado de IP's para os lares hehe e os business.. Se você tem na sua casa 10 computadores (aparelhos em geral, iot e etc..) o provedor não pode (pode, mas não é viável e esse é o motivo do NAT existir) te dar 10 IP's por isso ele te dá 1 só, pq ai sobram +9 para outros lares e etc.

O NAT veio resolver essa questão, então quando qualquer requisição sai da sua casa para a WWW ela sai de um 1 único IP, certo ? É isso que é o NAT (Network Address Translation). Ele centraliza tudo em um IP só. Então quando você configura a sua VM como NAT ela ignora seu HOST é como se a própria VM fosse o HOST, entende ? Ela traduz sua rede diretamente pra fora, ou seja é como se a sua máquina não estivesse dentro de uma rede interna.

Virtualbox usa um NETWORK ENGINE próprio que fica entre o HOST e a VM, então ele faz toda a tradução do que precisa para que a sua VM receba os dados diretamente. Dessa forma ele isola sua subnet interna e você não consegue se comunicar com essa subnet interna justamente por isso. Dá uma olhadinha nesse link aqui:
https://www.virtualbox.org/manual/ch06.html#network_nat

Bom, acho que é basicamente isso. Se tiver mais alguma dúvida e eu puder ajudar, tamo ai! Abraço!

  • Agradecer 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

ei @gnoo! se vc pretende uma hora acessar sua máquina nessa rede mantendo o NAT faz um encaminhamento de portas (em inglês, port mapping ou port forwarding). Nesses casos recomendo vc usar o vagrant porque é bem facinho configurar isso em várias vms

Vagrant.configure("2") do |config|
  config.vm.box = "ubuntu/xenial64"
  [...]
  config.vm.network "forwarded_port", guest: 3002, host: 3002
end

O que eu fiz acima? Eu expus a porta 3002 da VM como 3002 no host. Essa porta aí eu uso para acessar o qira.

Edited by gzn
  • Agradecer 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...